segunda-feira, 23 de abril de 2007

Saudades

Não entendo o motivo das coisas acontecerem... diálogos
eram feitos e mantidos, mas mesmo assim
a distância surgiu.. outra pessoa apareceu..
sinto falta do meu passado.. eu era feliz..não sei
se voltarei a ter essa felicidade novamente..
Sinto falta e saudades de pessoas que aprendi a conviver..
cada um a sua maneira...
mas nada dura pra sempre e um dia eu aprendo isso..
possa ser que demore um pouco.. ou não..
Não quero mais lutar contra os meus sentimentos..
ando fugindo de quem se aproxima..
e de quem tá distante quero estar perto..
Por que será que pra amar tem que ser confuso... ter que sofrer???
Chega, cansei de entender... não te tenho mais ao meu lado... mas tenho um desabafo a fazer:


Venho aqui me libertar e dizer que te perdoô.. É um perdão de coração, para que eu possa me sentir mais leve. Isso não significa que não estou sofrendo. seria mentira dizer que esqueci de tudo, que com esse perdão passei a borracha em tudo que passamos, vivenciamos ou planejamos. Continuo sofrendo, só que menos do que antes. Estou vivendo mais para mim, alimentando um desejo de ser livre, de me sentir leve, estar plena...
Pode ser que ainda existam mágoas e ressentimentos, mas com o tempo isso ameniza. O tempo é o senhor das razões, e foi no meu silêncio que pude reconhecer esse perdão....








Um comentário:

  1. Nada acontece por acaso. O Amor é difícil porque é raro... mas quando se vive um verdadeiro amor, sabe-se mesmo que todos digam que não, que será para sempre.

    ResponderExcluir

Obrigada por ter lido e pelo comentário

Bjins