sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Ausência





Ausência

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

Carlos Drummond de Andrade



O Carlinhos tem razão em dizer "a ausência é estar em mim" e reforço mais uma vez.. por isso que vivo no meu mundo de sonhos e fantasias lá eu sou feliz e nada me importa!!!
Agradeço a Deus por todos os dias ter colocado em meu caminho amigos bacanas e leais, amigos que não conheço pessoalmente e que me cativaram de um jeito.. Bando: amo vocês!!!!
Agradeço também pelos amigos que carrego sempre comigo, e aos que conheci nessa minha caminhada.
É, agora mais do que nunca vou cuidar só de mim. Estou cada vez mais certa que um dia vou encontrar alguém pra chamar de meu, vou esperar o tempo que for suficiente, sei que posso investir em mim e confio no meu potencial, enquanto isso não acontece a hora é de mirar a cabeça pra frente e seguir adiante o meu caminho... o resto é viver e ser feliz

Lizy, vc sempre teve razão: amor não põe dinheiro na conta.. só o trabalho!!!!



quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Ilusorias

Não sei o que falar.. não sei o que pensar.. e nem o que vou escrever...queria que tudo fosse mais simples, mais verdadeiro .. sem rodeios, nem mentiras.. mas isso só existe mesmo na minha cabeça, por não ver a maldade das pessoas, por não enxergar falhas e achar que tudo é perfeito,
então me engano, me fecho e não mais me revelo. Fica o mistério, a vontade do desejo, e uma pergunta que não se pode ser dita.


E se fossemos livres de verdade... viver todo o anseio recolhido, sem barreiras, sem medos, numa eterna fuga????

terça-feira, 14 de agosto de 2007

O que fazer?

Medito todos os dias.. pensando em que rumo seguir, em qual estrada caminhar...  Vejo pessoas que buscam liberdade, indepedência, amor, sorte, consolidação. Seres que buscam vencer na vida, realizar sonhos, renovar esperanças.

Vejo amigas lutando por seus sentimentos, correndo atrás, batalhando mesmo. Eu não consigo fazer 
essas coisas, me bloqueio, bate algo assim que é como se a minha pessoa estivesse "mendigando" um sentimento que poderia ser conquistado. Pude ter perdido oportunidades, porém vivi intensamente todas as minhas relações, sendo elas longas ou passageiras. Mas tempo é algo relativo.

Cresci muito quando completei meus 30 anos, agora faço coisas que apenas me dão vontade. Tá na hora de olhar pro meu "umbigo" e fazer o mundo girar em torno de mim.


Sou livre, sou mulher, sou intensa.



E quero de tudo um pouco na minha vida.

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Sindrome de Epitáfio

Estava pensando em minha vida, no quanto deixei de fazer certas coisas pra agradar outras pessoas e hoje refletindo em cima disso vejo que só valeu pelos erros terem se transformado em lições de modo que eles não voltem a ser cometidos.
Não quero ficar como a música dos Titãs, achando que deveria ter arriscado mais e complicado menos. O momento de se viver é agora, se estou com vontade vou à luta, e sem esse pensamento de ter deixado a oportunidade passar pra depois ficar me perguntando "e se eu tivesse tentado" ou "se eu tivesse dito"...
Essa pequena palavra pode e deve ser mudada nada de "e se", está com vontade faça, mas depois esteja pronto para as conseqüências.
Sempre coloco meu coração em tudo que faço e em tudo que vivo sempre intensa pra poder tirar proveito de tudo e depois olhar pra trás e não me arrepender de não ter tentado...
Então viva, extravase sentimentos, cante, dance, xingue, mas viva... pois

O melhor da vida é viver!!!!


quarta-feira, 1 de agosto de 2007

zzzZZZzzz

Nesses últimos dias a única coisa q consigo sentir é sono.

Ando dormindo pouco e me estressando demais.


Preciso relaxar, sonhar e viver!