sábado, 30 de agosto de 2008

O que eu gosto de curtir..

Essa semana estive conversando com uma pessoa que me fez parar pra escrever novamente. É uma pessoa que tenho pouco contato e por isso fico sempre tendo certeza de que nada acontece por acaso. A conversa começou com uma pergunta difícil: o que eu gostava de curtir? Ainda hoje fico a me perguntar, do que eu realmente gosto? Gosto daquelas conversas com amigos, de dar risada de algo que fizemos em um passado, gosto de sentar em um buteco e beber um pouco, de curtir um show seja ele de rock ou MPB. Contudo, tem outra coisa que gosto mais, minha paixão por escrever. Tem dias que me encho de inspiração e nesses dias meu desejo se aguça para escrever meu livro de poesia, um outro desejo de escrever um conto ou de descarregar um pensamento ( como venho a fazer nesse momento). Falei para aquela pessoa dessa minha vontade de escrever, mas sempre reconheço que tudo que escrevo é meio infantil, cheguei a expressar isso a ele e eis que recebo de volta: "aí q vc se engana...o óbvio pra vc não é para muita gente... e pode mudar a vida de várias pessoas, sabia?" Meu Deus, o que eu poderia escrever assim de tão sério que poderia vir mudar a vida de alguém? Uma carta de amor? Um pensamento de repulsa? Não sei ao certo o que seria isso, mas se todos temos um dom, o meu provavelmente é de me expressar por meio da escrita. Tem dias que acordo sem a mínima vontade de colocar algo no papel, mas tem outras que sinto falta por não ter um papel por perto pra ter escrito algo que me martelou no pensamento, mas quando consigo ter um rascunho em mãos as palavras vão se materializando:

"Em algum ponto nossos pensamentos se cruzam.

Revivendo lembranças

Trazendo à tona as emoções.

Em mentes que explanam sensações

Voando alto no sentimento

Posso parecer triste longe de você,

Mas estou feliz tendo esse amor dentro de mim,

Que um dia re-encontraremos juntos."

É isso, sou um sentimento em forma de mulher, transmitida por palavras! e obrigada ao Leopoldo, pela conversa que tivemos e por esse texto ter saído hoje.



sexta-feira, 1 de agosto de 2008

E viva a sexta-feira

Agora que cheguei do trabalho, a sexta-feira começou!!!! E amanhã tem feijoada na casa de Lívia. E pensar e repensar em minha vida.. no meu comportamento e a partir da segunda-feira vai mudar no trabalho.

Enfim.. sempre faltam palavras para falar de mim.