domingo, 29 de agosto de 2010

Clube do Livro - 6ª edição




Mais uma vez cheguei atrasada e o Rodrigo Lessa já estava sentadinho, falando sobre séries, e a modinha do momento: vampiros, em destaque True Blood. Durante o seu foco nesse tema, foram debatidos sobre assuntos da fidelidade dos livros que são transformados nas séries e nos livros:a caracterização do personagem, a linha da história que muitas vezes são deturpadas. o melhor veio depois com a fantástica apresentação do namorado da Tâmara Sleyne [que me presenteou com cupcakes: um viva para ela \o/], Dani Pellegrini [intimidade é uma coisa fora de série], o Daniel Pelegrini. A apresentação mostrando os livros mencionados na série e os vídeos ou fotos sobre Lost me surpreendeu [e eu que sempre fui avessa a Lost, fiquei com uma vontadezinha de assistir depois disso].

Como algo inovador, rolou um Quiz para premiar e divertir a todos. Os vencedores levaram um combo e o outro grupo uma camisa. Eu fiquei no grupo que ganhou a camisa.. rs. E como não podia faltar rolou o sorteio de livros.. tem cinco edições que frequento e já ganhei cinco livros em sorteios. Sorte é para os fracos.



Essa edição entrou para as melhores, juntamente com a edição sobre Mulher Moderna. E batemos o record de participantes, faltou cadeira para quem quis participar.


P.S. Não tenho mais intimidade com o Daniel, não quero perder meus cupcakes, vejam o motivo nos comentários.

P.S.² Cartaz by Iaina

P.S.³ Por motivos de saúde a Cristal não pode falar sobre Orgulho e Preconceito, mas no deixou uma postagem em seu blog.


domingo, 22 de agosto de 2010

Meus vícios



Quando pequena eu já cultivava pequenos vícios: passar o dedo na margarina, vitamina de abacate, bater figurinhas, sair correndo do colégio para assistir he-man, megamania, atari, estudar ouvindo música, estudar com livros espalhados pelo chão, Menudos, baleado, beber café em frente a janela em copo de canudo, colecionar papéis de carta. À medida que entrava na adolescência novos vícios foram adquiridos: escrever cartas, New Kids On the Block, vinil, frequentar locadora, patinar, escrever em diários, colecionar amores impossíveis e um amor platônico, escrever poemas em cadernos, super Mário, supernintendo, praia, piscina, ensaios no clube Espanhol, carnaval, cheiro de amor, estudar física pelo telefone, Caetano Veloso. Contudo o tempo vai passando e os vícios vão se transformando: the planet, gatos, tintas de cabelo, unhas bem feitas, esmaltes, chocolates, livros, cds, praia, academia, dominó, faculdade, momento em branco [em processo final de esquecimento]

Hoje em dia, consigo controlar meus vícios e afirmo que cultivo bons hobbies: apreciar um bom café, uma boa Seleta, conversar com meu Delícia, acariciar meu gato, ler bons livros e o twitter.



domingo, 15 de agosto de 2010

Uma pausa para o descanso



Depois de uma maratona entre LuluzinhaCampBa, almoço dia dos pais em Boca de Galinha, aniversário de prima-cunhada, aniversário de sobrinho, aniversário de Paty [esse último com direito a risadas e a ter meu pé molhado por cerveja], fenômenos sobrenaturais e uma sexta-feira 13, eu merecia um descanso no final de semana em casa e com os celulares devidamente descarregados. E foi assim que passei minha tarde de sábado, tomando cuidado para a coluna não travar, já que ela é meio problemática. Saindo muito, dormindo e descansando pouco.

Aproveitei para tentar avançar na leitura do livro "A menina que roubava livros", jogar um pouco do mafia wars, ler o que anda acontecendo na net. Sem conexões com msn, entretanto antenada no twitter.

E hoje espero continuar assim, recarregando as baterias


domingo, 8 de agosto de 2010

FDS intenso

Meu final de semana foi intenso, mal dormi e saí muito. sabado rolou o LuluzinhaCampBA 2ª edição. Dessa vez não tive o pensamento que tive no ano passado de não querer ir encontrar pessoas que eu não conhecia. Até porque esse ano, eu conhecia quase todas, graças também aos encontros mensais do Clube do Livro. Começamos com a apresentação de cada lulu, tínhamos que descrever quais os interesses e o que poderíamos ensinar. Após as apresentações também teve oficinas de sustentabilidade com a @ticianafig e dicas de maquiagem da Mary Key com Clarisa e Kika. E claro, uma oficina extra de gastronomia, com Mabia, Jenniffer e a pessoa que vos escreve. Ainda peguei taboca do Geo Araújo, que passou por lá a caminho do apê. Após o lulu, rolou uma essssssticadinha lá em Cira, no Rio Vermelho, onde comi mais um pouco: acarajé. Sei que cheguei em casa apenas para dormir.


Hoje foi dia de acordar e sair pra almoçar fora com meu irmão. Fui pra Plataforma, comer em Boca de Galinha. Pensa em uma comida gostosa.. nuss. Comer olhando a baía de todos os santos: não tem preço. Cheguei em casa por volta das 16h e depois saí novamente pra comprar um sapato e um presente pro meu papai.. rs


Quer saber?? cansei de escrever, ficou faltando relatar vários pontos aqui sobre o dia de ontem e o de hoje, mas agora vou dormir e ..

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Repúdio ao Correio*


Há muito tempo que não existe mais a imparcialidade jornalistica para eventos esportivos baianos. Tanto os narradores de rádio, quanto os televisivos, e jornais de grandes circulação demonstram claramente em seus textos, comentários e opinões ao favoristismo tricolor. Nada contra o EC Bahia. Mas sou um ovelha rubro-negra em minha casa. E não me arrependo disso. Sei das piadas e brincadeiras que existem entre rubro-negros e tricolores. Até um certo ponto é uma brincadeira sadia, mas o que o Correio fez foi uma falta de respeito a todos os torcedores do Vitoria. Sempre ouvi que torcedor do Vitoria não ia em estadio, não dava renda ao time, coisa que admiro no EC Bahia, a fidelidade dos torcedores. Entretanto nos últimos anos, estamos em ascensão, mostrando um bom futebol e mereciamos sim o reconhecimento e o respeito de todos. Os torcedores lotando o estádio, prestigiando o time, mas mesmo assim o Correio fez questão de fazer uma brincadeira infame. Continuem assim, vocês nem são o primeiro jornal em vendagem da Bahia.

P.S. Só fiquei sabendo da Capa através do Papo de Boteco, só quis deixar aqui também o meu amor e defender o meu Time. Segue o link do ótimo texto do Leandro: http://papodebuteco.net/

domingo, 1 de agosto de 2010

Clube do livro - 5ª Edição


Não vou mentir, esse era um assunto que tinha muito o que ser dito e debatido, porém o local e o horário curto não contribuiram para que isso acontecesse.

O tema foi o Dois de Julho: autores baianos. A Miriam de Sales Oliveira inicou falando sobre Jorge Amado e o livro Quincas Berro d'Água. E também do seu livro A Bahia de outrora, onde ela cita casos e figuras folclóricas de Salvador. Em seguida foi a vez da Tattie Chaverot falar sobre o livro de um escritor baiano, sobre brasileiros. Finalizando com a Jenifer e Priscila, idealizadoras do Poesia Baiana, um projeto de faculdade criado para que os poetas de Savaldor pudessem se conhecer e divulgar seus trabalhos.

Muita coisa ainda ficou por ser dita, pois quase fomos expulsos do local, pois às 19h iria ter um coquetel de um lançamento de livro, ao qual não estavamos convidados. Ontem teve novas pessoas ao encontro e quem habitualmente vai, como a Paty Silva não foi. E o encontro terminou com seu habitual sorteio de livros e fotos.

Pontos Negativos:

O encontro ocorreu na Saraiva do Salvador Shopping. Particularmente não gostei do local, para estacionar foi horrivel, pois o shopping vive lotado. O acesso para o espaço era ruim, pois tínhamos que passar por entre as mesas da lanchonete , coisa que não ocorre na Megaestore do Iguatemi. Sem contar com o horário reduzido.