terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Adeus 2008

    

    

Vai logo embora 2008.. meu, pensa em um ano zicado em que nada aconteceu. Epa, alto lá teve um lado positivo sim.. conhecer a galera do rock \,,,| e frequentar os eventos das bandas locais. Conheci pessoas legais que me fizeram ver um outro lado bom da vida: a diversão. E não posso deixar de falar no pessoal da TDR.. que são os amigos que me deixam na terapia e me faz rir, chorar, brigar.. a entender o sentido da palavra AMIZADE virtual. Agradeço também ao destino por ter me dado uma amiga e tanto.. e com ela aprendi que "amiga parceira é amiga solteira!" Mesmo eu tendo meus casinhos à toa.. nossa amizade é acima de tudo.

amigos virtuais da TDR

Nikkury, Biel e eu

amizade que se solidifica

Já no sentimento...nada é tão verdadeiro e bom enquanto dura. Depois, vira passado, e como escreveu o fodão do Cazuza "e quando acaba a gente pensa que ele nunca existiu". Bem nada ainda foi decretado oficial, a pessoa pode estar envergonhada.. mas eu tive um sonho que ele voltava pra ex.. huahuauhhahua eu agora quero sonhar com os numeros da mega sena blaster acumulada.

Bom.. pelo menos não tenho mais o dom de me iludir e sigo caminhando em frente apenas aprendendo com os erros que estou acertando a cada relacionamento. 

Pra 2009 quero um trabalho novo e o resto é consequencia.

E vou terminar com um video do fodão.. pq eu sou exagerada por influência do meu signo.. e também adoro um amor inventado...

FELIZ 2009

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Destino

   

   

É. Cansei de pensar uma coisa e o destino me mostrar outra.  Nossa, estou em um estado de felicidade total e o que mais gostaria agora é que o tempo ficasse congelado para curtir esse sentimento da maneira como deve ser.. mas isso não é possível. Sempre imaginei que comigo nada fosse mudar, entretanto o Senhor das Razões [ maneira como o tempo é conhecido em algumas ocasiões] me mostrou o outro lado. Andei meditando muito e analisando as coisas que aconteceram comigo.. aprendi algumas coisas.. principalmente de não repetir erros que aconteceram com histórias do passado. E acreditar com o coração que quando queremos uma coisa ou alguém, aquele desejo vai se realizar. É a força da atração e posso falar com convicção de que isso realmente acontece.

Agradeço ao destino pela minha felicidade, quero que ela perdure por muito tempo e eu fiz a escolha de não desistir e sim de lutar por quem quero ter ao meu lado.

Obrigada também as amigas que me serviram de confidente, me dando apoio. E tem outra coisinha, todos temos problemas e a felicidade está sempre ao nosso lado, para isso basta não ver o problema como um grande desafio de vida e sim como mais uma questão que será resolvida com facilidade e "jogo de cintura" e quando aprendemos a rir, tudo parece pequeno.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Nada Muda

   

   

É, parece que nada vai mudar e tudo vai continuar do jeito que tem de ser. E comigo não poderia ser diferente, mas sempre pergunto: Por que? Às vezes preferia viver mergulhada no mar de ilusões, sem saber da verdade que sempre machuca. Vontade de sumir número ... acho que já perdi a conta de quantas vezes tive a vontade inerte de fugir. Passei um ano pensando em como conquistar alguém e quando consigo aproximação.. vejo que é aquela velha história... cansei de ser mais uma.

Agora fico aqui, naquela tenra decisão: desistir ou arriscar? Seria uma questão de fraqueza por não lutar pelo que quero ou uma defesa de não sofrer novamente? Sentimento deveria vir com manual de uso, tutorial e com solucionador de problemas.   

     

domingo, 14 de dezembro de 2008

Fechando um ciclo

Hoje poderia ser considerado o último dia de minha vida.. mas seria exagero, então vamos dizer que será o último dia do ciclo 31. Muitas coisas aconteceram, o re-encontro com o passado, a reconciliação de uma amizade, a solidificação de duas amigas, o encontro com o Rock, a realização de um sonho. O que mais me parecia impossível, eu consegui. Porém hoje me sinto confusa, por não querer ser exemplo de perfeição. Resumindo.. foi uma idade conturbada, quase estagnada, mas que no finalzinho foi maravilhoso.

Não posso agradar a todos, mas para aqueles que se decepcionaram comigo, sinto muito, não fui eu quem construi a imagem de que eu era diferente em sua mente. Mas vamos em frente, ainda tenho muito que aprender com os futuros erros, sim, a vida é feita deles.

No trabalho só decepções. Já não sei mais se acredito no trabalho que é feito ali dentro. Fui um tapa-buracos e reconhecimento foi algo que não foi encontrado durante o ano. 

Obrigada a todos que me fizeram feliz, obrigada também aquelas pessoas que se mostraram falsas e dissimuladas. Obrigada ao destino que me colocou em frente a felicidade e me fez sentir como uma adolescente, gritando de satisfação a todos os cantos, sim foi algo realizado.

Amanhã começa um novo ciclo. E como no ano passado, nada de planos, pois o último plano que fiz, não deu certo a viagem.  Vou continuar deixando o novo se mostrar. 

sábado, 13 de dezembro de 2008

Não sei ao certo o que me acontece hoje, mas devo tá em crise existencial. Qual o sentido da vida? O que há de errado comigo? Planos que fiz foram desfeitos... e não planeijei me despedir dos 31 anos sem fazer nada.. queria ter viajado.. mas me sinto um tanto quanto descartavel.

Só quero ficar em casa e pensar em tudo que (des)construi até hoje.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Feliz *-* [Parte II]

              

                 

                 

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, eu já gritei tanto de felicidade no carro, na garagem e dentro de mim. Passei alguns meses em luta comigo, meus pensamentos e meus sentimentos. Quantas vezes postei que estava apaixonada e sentindo tudo isso no silêncio? Pois, demorou. Conquista realizada e sorrisão na cara, nem consegui dormir direito de tamanha felicidade. E se não puder recuperar o tempo perdido, irei criar momentos inesquecíveis.

Já cantou Rita Lee: "O amor nos torna patético" e eu não fico por fora, além de patética, sinto-me muito brega e piegas.. huahuahuahuahuhuahuahuaaha

e mais um grito pra terminar:

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

       

            

 

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Grrrrr

            

              

O que pensar de mim? Sinto-me uma fracassada, alguém que se perde por pouco, alguém que se entrega por amor ... Queria ter conseguido a minha passageme ter ido viajar, ter conhecido as pessoas que fiz plano, e a cada dia, me aparece alguém perguntando: "vc não vem?" e sinto aquele remorso de ter feito planos e não ter tido a oportunidade de realizá-los. Bate a impotência... Em contraponto, não planejei o que faria se não conseguisse as passagens. É tô me sentindo aquela pessoa desempregada, que não viaja por falta de dinheiro..

Muito foda tudo isso

                 

               

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Férias!

      

      

Sim elas chegaram, mas o que eu mais queria fazer não será possivel: viajar pra SP! Puts me sinto muito triste por ter feitos planos e não realizar nem um miléssimo do que eu queria fazer. É isso me faz ter a certeza que, sempre que planejo algo não dá certo e quando faço  de última hora, sem muitos planos, sai sempre melhor que o esperado. O jeito vai ser comemorar o sede zero que seria realizado no ano passado esse ano. Porém meu niver cai em uma segunda e esse ano sei que não irá aparecer muita gente no dia.. vou dar o desconto.

Agora é curtir por aqui e aproveitar cada momento.

      

     

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Insonia

Mais uma noite de insonia.. e já vou entrando no meu quarto dia sem dormir. Minha única preocupação no momento é ser feliz. e estou sendo. Pelo menos nessa madrugada fiz algo de produtivo, li e escrevi. Envolvi meus pensamentos  na paixão, no desejo, na viagem. Pensei em mim. No que eu era, no que sou e no que quero da minha vida. Não sei se é mais valido fazer planos. Tantos planos que fiz e não se realizaram. . .

queria ao menos poder dormir um pouco e descançar a mente de lembranças inoportunas, de saudade do desconhecido ou até mesmo de amar o impossivel.

domingo, 23 de novembro de 2008

Amando no silêncio!



Já não sei mais o qua faço, tento mostrar a uma certa pessoa tudo o que sinto, mas na hora falta-me coragem. Trocaria todas as pessoas que me querem ter ao lado, por um abraço mais demorado, um carinho bem afagado, mãos que se toquem e se sintam.



Por que é tão dificil essa fase de estar apaixonada? Seria tudo tão simples se pudesse apenas olhar. E nesse olhar ser compreendido todo o sentimento arrebatedor. Já começo a ter minhas noites insones novamente, já começo a sentir a falta de sua presença. Começo a sonhar e fazer planos para um futuro ainda distante....



E eu que tinha medo de me apaixonar novamente....

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Feliz

Ultimamente ando cultivando a felicidade, será que se eu pensar que sou feliz, eu irei atrair a felicidade? Espero que sim, porque assim dessa maneira eu pensando em um certo alguém, eu o estarei atraindo para mim! E isso é tudo o que eu quero!


Hoje fui a praia e foi bom demais.


Agora eu tenho marquinha!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Já não sei

Já não sei o que me passa, as coisas que me acontecem, as manias que tenho. Não sei também o que devo escrever aqui, se desabafo mais uma desilusão, se conto mais uma paixão. Não sei. Vejo pessoas em busca de serem felizes, sem nem ao menos se permitirem uma parcela de sorriso. E eu cansei de sofrer...


Vou dormir

domingo, 9 de novembro de 2008

Preguiça

Sempre brinco que quando eu digo que estou com preguiça, estou cometendo na verdade um pleonasmo vicioso.. rsrs. Acordei feliz e centrada no que eu quero conquistar, já dei o primeiro passar de perguntar o número do telefone, agora é ter criatividade de enviar um SMS.

Mas hoje acordei com muita preguiça mesmo, preguiça de fazer qualquer coisa: de ver tv, de ficar na frente do pc, de ver filme, de ler... queria apenas sonhar e receber cafuné!


Vou voltar pra minha vidinha de menina sonhadora

sábado, 1 de novembro de 2008

Ontem a noite saidinha depois do trabalho, um pouco de lambreta, cerveja e cachaça, acabei misturando tudo e fiquei mal pacas. Acordei com a cabeça fervilhando por não ter bebido corretamente, mas a experiência é valida. Passei o dia enterrada na cama, com ressaca.

As cervejas e as cachaças!

Só sai pra ver minhas amigas que há algum tempinho não nos econtravamos assim. Alê com seu filho de sete anos, Adriana com Dudu de apenas um ano, Daniele grávida de quatro meses.. e eu a solteiroana, querendo apenas curtir um pouco e dar risada, mas apaixonada!

Alessandra, Dani, Dudu, Dri e eu

E hoje lendo o livro da vida de Chico Xavier, li uma frase que me fez pensar: "Muito tarde é que se vê que não se amou o bastante". E eu que sempre me dou com facilidade e mergulho de cabeça para tentar ser atenciosa, mas nem todos compreendem isso. e assim, amando sempre vou me doando até encontrar o ideal para mim.

É isso aí.

domingo, 26 de outubro de 2008

Meio assim

Acho que me sinto apaixonada... e isso me faz sonhar mais e acreditar menos em mim, de que um dia poderei realizar esse sonho... eu vou acreditar em mim e conquistar aquele por quem eu me sinto assim...

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Um breve desabafo..

Às vezes sinto imensa necessidade de sair por aí, sem rumo ou direção. Ir em busca do que não sei o que devo encontrar. Apenas sair pra pensar, entretanto não sei ficar longe de mim mesma, dos meus pensamentos inequivocados que me fazem ser penitenciada, julgada... Sei que sou mesquinha comigo mesma....

Não suporto mais essa rotina... eu quero muito mais... eu quero sempre mais.

domingo, 19 de outubro de 2008

Sensatez

O que seria sensato? Um perdão, uma palavra amiga, um gesto de carinho... também não sei. Quando penso que estou de volta ao caminho, sinto que peguei um atalho para a complicação e me vejo novamente sem rumo, sem saber o que fazer. a vida é feita de obstáculos e forte é aquele que supera a todos. Sempre me sinto em uma prova de fogo e tudo que eu peço é que eu seja feliz em minhas escolhas, mas minhas escolhas nunca são certeiras. Queria gostar de quem realmente gosta de mim e não do que é complicado, de quem está longe ou quem me faça sofrer.

É, eu não me sinto feliz.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Acabou o recesso

Quem me dera fugir pra uma mesa de bar cada vez que sinto que estou com problemas.. isso me deixaria mais pobre. Bem, não é bem isso que gostaria de escrever.. queria de certa forma desabafar.. mas já faço isso no meu dia-a-dia. Não sou de guardar rancor ou ser ressentida. Mas meu defeito é ser fácil demais, isso que dá ser carinhosa, atenciosa, ninguém nunca reconhece e acaba pisando, mas o que posso fazer? Beber.. isso sim me faz rir.

Mas tem outro fator: "Quem se importa?" quem me conhece sabe que usei muito essa frase em MSN. E não esperava ver que algumas pessoas abriam janelas e me respondiam de volta: "eu me importo" Não era essa a minha intenção, mas isso foi um momento de reflexão. De você se doar e não ser entendido. De você ter um diferencial e não ser notado. De você dar o melhor de si e não ser reconhecido. Então é que vinha a pergunta: "Quem se importa?" mas a vida é assim, até lá, só acaba se importando quem perde algo ou alguém. E eu serei sempre uma pessoa disposta a perdoar quantas vezes forem possiveis, porque errar faz parte dessa minha rotina.

É isso.. hoje não falei nada com coisa alguma.. tô tão confusa que nem sei mais o que escrever.

=]

sábado, 30 de agosto de 2008

O que eu gosto de curtir..

Essa semana estive conversando com uma pessoa que me fez parar pra escrever novamente. É uma pessoa que tenho pouco contato e por isso fico sempre tendo certeza de que nada acontece por acaso. A conversa começou com uma pergunta difícil: o que eu gostava de curtir? Ainda hoje fico a me perguntar, do que eu realmente gosto? Gosto daquelas conversas com amigos, de dar risada de algo que fizemos em um passado, gosto de sentar em um buteco e beber um pouco, de curtir um show seja ele de rock ou MPB. Contudo, tem outra coisa que gosto mais, minha paixão por escrever. Tem dias que me encho de inspiração e nesses dias meu desejo se aguça para escrever meu livro de poesia, um outro desejo de escrever um conto ou de descarregar um pensamento ( como venho a fazer nesse momento). Falei para aquela pessoa dessa minha vontade de escrever, mas sempre reconheço que tudo que escrevo é meio infantil, cheguei a expressar isso a ele e eis que recebo de volta: "aí q vc se engana...o óbvio pra vc não é para muita gente... e pode mudar a vida de várias pessoas, sabia?" Meu Deus, o que eu poderia escrever assim de tão sério que poderia vir mudar a vida de alguém? Uma carta de amor? Um pensamento de repulsa? Não sei ao certo o que seria isso, mas se todos temos um dom, o meu provavelmente é de me expressar por meio da escrita. Tem dias que acordo sem a mínima vontade de colocar algo no papel, mas tem outras que sinto falta por não ter um papel por perto pra ter escrito algo que me martelou no pensamento, mas quando consigo ter um rascunho em mãos as palavras vão se materializando:

"Em algum ponto nossos pensamentos se cruzam.

Revivendo lembranças

Trazendo à tona as emoções.

Em mentes que explanam sensações

Voando alto no sentimento

Posso parecer triste longe de você,

Mas estou feliz tendo esse amor dentro de mim,

Que um dia re-encontraremos juntos."

É isso, sou um sentimento em forma de mulher, transmitida por palavras! e obrigada ao Leopoldo, pela conversa que tivemos e por esse texto ter saído hoje.



sexta-feira, 1 de agosto de 2008

E viva a sexta-feira

Agora que cheguei do trabalho, a sexta-feira começou!!!! E amanhã tem feijoada na casa de Lívia. E pensar e repensar em minha vida.. no meu comportamento e a partir da segunda-feira vai mudar no trabalho.

Enfim.. sempre faltam palavras para falar de mim.

quinta-feira, 31 de julho de 2008

Sem titulo

Algumas mudanças.. 

No trabalho, estou folgando aos sábados. Hoje cortei minhas pontas roxas. E quanto ao coração.. tudo parece não mudar. É isso mesmo e não muda nada!

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Um dia de sexta

E tudo o que mais quero hoje é esquecer de todo o sofrimento, que amei alguém e que um dia fui amada. Esquecer planos, carinhos e aconchegos. Esquecer que naquele instante tudo era válido: os juramentos, o estar junto, abrir mão de certas coisa pra ter o calor do corpo.

Momentos de solidão, é tudo que tenho hoje, em uma noite de sexta-feira.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Semana maluca

Até que enfiam chegou a sexta-feira e eu sobrevivi. Semana foi corrida, atrás do Detran para renovar minha carteira de habilitação [sem falar que mobilizei quase toda a minha equipe de trabalho, teve um dia desses ai que saí de lá sem me deslogar..]. Fui segunda bem cedo.. o sistema tava fora do ar. Na terça fui ao centro.. e tanto na ida e na volta, passei por duas blitz e ainda bem.. não fui parada em nenhuma das duas, mas fiquei no ponto. Na quarta, eis que consigo.. e semana que vem ela estará em minhas mãos.  A foto tirei na hora, bem que dani falou.. e fiuei com uma cara de bêbada-drogada. Só a polícia que vai ver essa foto, isso se eu for parada em uma blitz, daí sim.. não estarei mais no ponto, farei questão de mostrar.. pior vai ser se o carinha lá mandar eu fazer o bafômetro, por estar com cara de bebum na foto da habilitação. hehehehehehehehe


Pensamentos estranhos vagueiam pela minha cabeça:

O que será então o amor?

quarta-feira, 18 de junho de 2008

O que será então?

Essa pergunta não para de martelar em minha cabeça..

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Fênix

É sempre preciso quebrar a cara para renascer, chegar ao fundo do poço, analisar friamente tudo que ja aconteceu e ver que um prato frio às vezes é muito mais gostoso de ser degustado do que um prato quente.  [ bela anologia, Menina Má.. rsrs]

Bem é isso, daqui pra frente o mundo gira em torno do meu umbigo.


Lembrem-se sempre:

Temer e respeitar quem já sofreu, pois essa pessoa conseguiu sobreviver!

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Cuma?

Por que às vezes tudo é a mesma coisa e quando quero a mesma coisa eu não tenho?


É aquela coisa.. no mais tudo continua o mesmo



Dinheiro e gramour eu até posso ter.. mais me falta coragem!


buesta!

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Desejos

Bem.. semana começou até q normal: sem graçaaa.. e na segunda-feira: eis que minha coluna travou. Fiquei sem conseguir andar, sentar, deitar.. nem ficar em pé eu conseguia.. cheguei aos prantos de dor..   dor essa que alcançou 8,4 pontos na escala richter. E a coisa foi séria mesmo..
mas essa de não ter mais plano de saúde chega a ser deprimente, médico não examina direito, ou você se dirige a uma clinica que atenda SUS e o médico em plena tarde, 16h já foi embora.. e viva o saúde zero!


Aii..  sinto que me falta ânimo para algumas coisas. Vontade de largar tudo, sumir.. ainda sinto esse desejo dentro de mim.. mas tenho que parar de sonhar e colocar os pés no chão.

Pelo menos tenho amigos que posso contar.. pessoalmente: Dani.. virtualmente.. toda a família TDR e o pessoal do Bando que mora sempre em meu coração!

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Adeus feriado

Daqui pra frente, os feriados se encontram em sua grande maioria nos domingos, isso significa que se acabaram minhas folgas semanais.. onde que vou parar?????? AHAHAHAHAHAHAHAHAHA.

Sem novidades, sem noticias e sem ter o que fazer. Mas como todo anônimo tem um ditado, aqui vai um: "mente vazia faz eco". Até que faz sentido.. porque o pensamento fica em loop e a pessoa que não tem o que fazer fica sem ter outro pensamento.

Ainda bem que pelo menos eu faço algo no meio do nada.. aahhahahahahahaha


Concurso da UFBA batendo na porta.. e essa semana me dedico inteiramente ao estudo!






segunda-feira, 19 de maio de 2008

Vamo que vamo

Hoje por desencargo de consciência  vi uma outra balança.. e subi nela.. o resultado foi menos pior que o da balança de sábado.. acho que a estatística deu um percentual de dois pontos a menos.. prefiro acreditar na segunda opção..   \o/


Bem, domingão com chuva.. dentro de casa.. com direito a cochilos e papos que me deixaram pra lá de animada  =]

Hoje novo horário de trabalho: 13:40 às 20h.. ninguém merece.. depois não querem que eu fique com gastrite nervosa com tantas alterações. Segunda feira de sol em Soteropolis.. e vamo que vamo.

domingo, 18 de maio de 2008

Guerra com a balança

Bem que já estava comentando com algumas pessoas do meu recente medo de subir na balança. Eu sei que não deveria ter subido, mas enfim.. a merda foi feita e me sinto completamente arrasada pelos números que aquela disgramada acusou.. isso afetou diretamente no meu estado de espírito e agora vou entrar em guerra com as balanças e com meu estado redondo..

Vou fechar a boca, passar fome de comer chocolate e porcarias.. vou eliminar várias coisas que me façam ficar em forma de barril.. infelizmente terei que cortar o alcool.. a maravilhosa H2OH, a Aquarius.. [bebidas gostosas entretanto possuem alto teor de vitamina B..]. Não posso ser uma garota pocket sedan.. e sim uma garota pocket slim.

Bem, vou associar O Segredo com o pensamento que Paulo Coelho tem de que: "Quando se quer uma coisa, o Universo inteiro conspira a favor." E pensar positivo: eu vou voltar a ser gostosa e provar para a balança que ela não pode determinar meu estado de espírito.



sexta-feira, 16 de maio de 2008

Forró

Aberta a temporada de dança de forró. Deu inicio ontem.. Zé Carijó e Luiz Caldas.. se não fosse a presença de meu pai no recinto.. eu poderia ter aproveitado muito mais. Me erra!

quarta-feira, 14 de maio de 2008

stress

É muito chato acordar sentindo cólica, enxaqueca e ainda por cima espirrar sem para.. estou em crise!!!! Tempo com chuva, convidando  pra continuar em casa, deitada na cama quente, mas mesmo assim fui trabalhar e quando chego, todos me perguntando sobre a minha cara.. [não fiz plástica].. é o mal humor.. é pisar lá que o humor altera e hoje quase que mando uma pessoa tomar no centro do olho do orificio anal.

A noite a dor piorou.. mas fiquei feliz em saber que o single do Ale ficou pronto. Desejo que agora ele dê certo e que se abra as portas da esperança.. rsrs


Fiquem com Jah

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Blábláblá

Às vezes cansa essa rotina. E sinto que estou superando cada dia essa insistência da falta do que fazer. O trabalho me cansa, em casa a situação me cansa, a falta do que fazer me cansa, não ter dinheiro me cansa, ficar na net já está me cansando. Enfim é aquele blábláblá de sempre. Sem novidades, sem histórias e no mais é tudo a mesma coisa.

terça-feira, 29 de abril de 2008

às Compras

Final de semana perfeito. Sábado após o trabalho, nada como ir beber uma cervejinha, comer um escondidinho de camarão.. E no domingo.. churras.. com vinho, cerva.. e jogo do Vitória dando goleada \o/   Depois comemoração na pedra furada com Mime e Mamô.


Nada como um bom passeio na sessão de bebidas, ver as marcas, o teor alcoolico. Eu e Daniele estamos pensando em montar o Clube da Seleta. E sempre que vamos a um mercado, é certo nosso passeio pela sessão de bebidas.. e a sede é tanta q ela confundiu a garrafa de azeite com cachaça!

garrafa bonitinha de cachaça.. hahahahah



Amanhã dia de endoscopia.. e nem sei como volto pra casa..




quarta-feira, 23 de abril de 2008

Um simples desabafo




É, as coisas acontecem quando chegam o momento certo de acontecer. E tudo tem acontecido ao mesmo tempo.. momentos de alegria, da saudade e de dor. A dor de ser enganada por alguém é sempre mais forte que a dor de estômago, ou dor de cabeça.. é uma dor na alma.. que me pergunto: será que a errada sempre sou eu? Ou eu tenho o poder de atrair pessoas malucas. Quero esquecer que conheci alguém desse gênero.. um louco.

Sei também que devo me dedicar a minha vida real, às minhas amigas que precisam de apoio, de ombro e de escutar as coisas sem sentido que às vezes [quase sempre] consigo falar para elas rirem de mim.

Também tô cansada do trabalho.. 100% desmotivada, sem ânimos, sem estimulos.. tenho que largar a net e estudar pra concurso, pensar em meu futuro. [Nessas horas sempre lembro do que Lizyane me falava: amor não deixa dinheiro em conta bancária.. ela que é certa!]

Ahhh.. ainda vou conseguir transformar essa mulher apaixonada em uma mulher amargurada.. sem sentimentos e com um coração de pedra.. mas não consigo. E minhas madrugadas têm sido tão prazerosas.. mesmo à distância.. é um sentimento que faz bem..


Bom companheiro.. a luta continua.. a vida passa lá fora.. os carros se movimentam e se congestionam.. a chuva sempre irá cair.. e eu vou ficar aqui.. amadurecendo minhas idéias enquanto vivo intensamente cada momento que me é oferecido.





P.S. A lua ontem tava fascinante.. mesmo escondida entre nuvens.. seu luar não foi ofuscado.








terça-feira, 25 de março de 2008

Argh

Lembranças sempre serão lembranças.. podendo ser doces recordações ou tristes lamentações. Bem o importante é caminhar pra frente, sem me deter em nada que me faça voltar.. passado é algo que se foi, alguém que ficou obsoleto e presente é alguém que se está a vista.

Minha única vontade é de sumir da cidade.. estar bem longe. Meus amigos costumam de dizer que sou uma pessoa especial, mas eu não me sinto assim.. me sinto um nada, não consigo enxergar essa especialidade.. só se for especial na arte de "como sofrer e tomar na cara" hahahahahahahahaha isso eu sei como ninguém.



Tô meio down.. isso passa, como passou umas tantas vezes.. nada que uma boa cachaça com Daniele não resolva!

Uma noite de recaída pode ser transformada em uma noite de diversão que nada significa!


quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Mais um ano...





Mais um ano começa, novos planos são feitos... e durante o decorrer as metas traçadas são alteradas pelo cotidiano. O que eu quero pra esse ano: passar em concurso público, escrever meu livro e encontrar o amor da minha vida [tá, mas não custa nada ele me encontrar também].

Mais um ano começa.. e a amizade virtual continua sendo mais real. Conheci novas pessoas que já começam a fazer parte da minha rotina \o/ : felas do TDR! Mas nunca me desfazendo do Bando.

Mais um ano começa.. e começo a me entediar do atendimento dos clientes no callcenter.. já começo a achar que não me formei pra trabalhar nisso.. tô me perdendo ali dentro..


Mais um ano começa.. e esse ano não terá carnaval.. vou com Mamô pro Palco do Rock.. só não vou pra roda!


Bom, e assim vai começando o ano... de bar em bar.. de mesa em mesa.. bebendo cachaça, bebendo cerveja... beber, cair e levantar!!!!!