terça-feira, 25 de novembro de 2008

Insonia

Mais uma noite de insonia.. e já vou entrando no meu quarto dia sem dormir. Minha única preocupação no momento é ser feliz. e estou sendo. Pelo menos nessa madrugada fiz algo de produtivo, li e escrevi. Envolvi meus pensamentos  na paixão, no desejo, na viagem. Pensei em mim. No que eu era, no que sou e no que quero da minha vida. Não sei se é mais valido fazer planos. Tantos planos que fiz e não se realizaram. . .

queria ao menos poder dormir um pouco e descançar a mente de lembranças inoportunas, de saudade do desconhecido ou até mesmo de amar o impossivel.

domingo, 23 de novembro de 2008

Amando no silêncio!



Já não sei mais o qua faço, tento mostrar a uma certa pessoa tudo o que sinto, mas na hora falta-me coragem. Trocaria todas as pessoas que me querem ter ao lado, por um abraço mais demorado, um carinho bem afagado, mãos que se toquem e se sintam.



Por que é tão dificil essa fase de estar apaixonada? Seria tudo tão simples se pudesse apenas olhar. E nesse olhar ser compreendido todo o sentimento arrebatedor. Já começo a ter minhas noites insones novamente, já começo a sentir a falta de sua presença. Começo a sonhar e fazer planos para um futuro ainda distante....



E eu que tinha medo de me apaixonar novamente....

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Feliz

Ultimamente ando cultivando a felicidade, será que se eu pensar que sou feliz, eu irei atrair a felicidade? Espero que sim, porque assim dessa maneira eu pensando em um certo alguém, eu o estarei atraindo para mim! E isso é tudo o que eu quero!


Hoje fui a praia e foi bom demais.


Agora eu tenho marquinha!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Já não sei

Já não sei o que me passa, as coisas que me acontecem, as manias que tenho. Não sei também o que devo escrever aqui, se desabafo mais uma desilusão, se conto mais uma paixão. Não sei. Vejo pessoas em busca de serem felizes, sem nem ao menos se permitirem uma parcela de sorriso. E eu cansei de sofrer...


Vou dormir

domingo, 9 de novembro de 2008

Preguiça

Sempre brinco que quando eu digo que estou com preguiça, estou cometendo na verdade um pleonasmo vicioso.. rsrs. Acordei feliz e centrada no que eu quero conquistar, já dei o primeiro passar de perguntar o número do telefone, agora é ter criatividade de enviar um SMS.

Mas hoje acordei com muita preguiça mesmo, preguiça de fazer qualquer coisa: de ver tv, de ficar na frente do pc, de ver filme, de ler... queria apenas sonhar e receber cafuné!


Vou voltar pra minha vidinha de menina sonhadora

sábado, 1 de novembro de 2008

Ontem a noite saidinha depois do trabalho, um pouco de lambreta, cerveja e cachaça, acabei misturando tudo e fiquei mal pacas. Acordei com a cabeça fervilhando por não ter bebido corretamente, mas a experiência é valida. Passei o dia enterrada na cama, com ressaca.

As cervejas e as cachaças!

Só sai pra ver minhas amigas que há algum tempinho não nos econtravamos assim. Alê com seu filho de sete anos, Adriana com Dudu de apenas um ano, Daniele grávida de quatro meses.. e eu a solteiroana, querendo apenas curtir um pouco e dar risada, mas apaixonada!

Alessandra, Dani, Dudu, Dri e eu

E hoje lendo o livro da vida de Chico Xavier, li uma frase que me fez pensar: "Muito tarde é que se vê que não se amou o bastante". E eu que sempre me dou com facilidade e mergulho de cabeça para tentar ser atenciosa, mas nem todos compreendem isso. e assim, amando sempre vou me doando até encontrar o ideal para mim.

É isso aí.